/

Mito ou verdade: o sol do inverno não produz vitamina D na pele

Fique 15 minutos tomando Sol no verão. Muito provavelmente você vai ficar suado e desconfortável com o calor. No inverno, 15 minutos de Sol são facilmente toleráveis e até dão uma sensação de aconchego que ajuda a espantar o frio.

O que muda nas diferentes estações é a inclinação da Terra em relação ao Sol. No inverno, ficamos “mais longes” do Sol e os raios nos incidem de forma mais “inclinada”. Por isso vale a pergunta: o Sol do inverno é diferente?

Não. Aí é que está: o Sol é o Sol e os raios são os mesmos: ultravioleta A e B. O que muda é a intensidade da exposição, que é maior no verão.

Produzimos vitamina D quando os raios ultravioleta B, principalmente, incidem em nossa pele. Tanto no inverno como no verão, estes raios estão presentes em maior concentração entre 10 horas da manhã e 3 horas da tarde. No entanto, no sol do inverno a intensidade é menor. Mas é igualmente eficiente para nos fazer produzir vitamina D.

O problema maior é que no inverno temos menor disponibilidade para tomar Sol todos os dias. Os dias são frios e isso dificulta muito a exposição solar. Não custa lembrar que quanto maior for a nossa superfície de exposição, melhor para a produção desta vitamina. E vamos combinar que é muito difícil ficar com braços e pernas expostos ao ar livre, mesmo que tomando Sol, nos dias frios.

Por isso, a alimentação no inverno deve contribuir para manter nosso nível sanguíneo de vitamina D que, como sabemos, é fundamental para a saúde de nossos ossos e também para o sistema imunológico. Importante lembrar que no inverno as doenças respiratórias, principalmente aquelas que são causadas por vírus, são mais incidentes. Por isso, é importante nosso sistema imunológico estar “a postos”.

Não custa lembrar que as crianças têm indicação formal, endossada pela Sociedade Brasileira de Pediatria, de suplementar vitamina D, em todas as estações do ano. Bebês com menos de 1 ano devem receber 400 unidades e com mais de um ano 600 unidades de vitamina D todos os dias. Adolescentes, adultos e idosos devem conversar com o médico ou nutricionista para avaliar a necessidade de suplementação.

Portanto, é MITO que o Sol do inverno não produz vitamina D na pele. Produz, sim. O mais difícil, porém, é conseguir tomar Sol todos os dias do inverno. Por isso a necessidade de suplementação pode estar indicada para muitas pessoas.

Publicado por Dra. Ana Escobar
Dra. Ana Escobar (CRM 48084-SP) é médica pediatra formada pela FMUSP (Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo), pela qual também obteve Doutorado e Livre Docência no Departamento de Pediatria.