/

Mito ou verdade: adoçante faz mal para a saúde?

Muitas pessoas se recusam a consumir produtos com quaisquer tipos de adoçantes, pois acreditam que os mesmos podem fazer mal para a saúde.

Só que não é bem assim. Na verdade, os adoçantes podem ser nossos grandes “aliados”, pois podem não somente ajudar no controle da glicemia, como também a reduzir as calorias ingeridas, sem perder o sabor mais “doce” de alguns alimentos.

Há vários tipos de adoçantes, e seu sabor pode variar. Sim, nem todos são iguais e nem todos têm o mesmo sabor. Por isso, para cada paladar pode haver um tipo de adoçante mais agradável.

Todos têm um poder edulcorante, isto é, de adoçar, bem maior que o nosso conhecido açúcar. A Stevia, por exemplo, tem um poder adoçante 300 vezes maior que o açúcar; a sucralose, é 600 vezes mais doce que o açúcar. Assim, com pouquíssimas quantidades, conseguimos deixar alguns alimentos mais doces e menos calóricos.

Muitos estudos científicos foram realizados para definir qual seria a dose de adoçante segura para a saúde das pessoas. Com estes resultados, instituições importantes como FDA americano ou a nossa Anvisa liberaram os adoçantes para consumo.

Assim, todos são seguros. A diferença é que para cada adoçante foi definida uma IDA específica. A IDA é a abreviação de Ingestão Diária Aceitável, que é quantidade que se pode ingerir por dia, considerando a extensão total da vida das pessoas (76 anos é a média de vida no Brasil) com segurança e sem efeitos deletérios à saúde. .

Leia os rótulos dos produtos e faça suas contas. A IDA da sacarina é de 5 mg/kg, a da sucralose de 15 mg/kg, a do acessulfame de potássio de 15 mg/kg/dia e da Stevia é de 5 mg/kg/dia.

Até o açúcar de todo dia deve ter seus limites de ingestão. A Organização Mundial de Saúde (OMS) determinou que o consumo diário de açúcar deve diminuir significativamente. Adultos e crianças devem consumir no máximo 50 gramas por dia ou, idealmente, 25 gramas por dia, o que significa, aproximadamente, 2 colheres de sopa OU 6 colheres de chá rasas de açúcar por dia.

Faça uma “degustação” dos vários tipos de adoçantes; veja qual deles é o que mais combina com você e, quando quiser, deixe sua vida mais doce com menos calorias.

Portanto, é MITO:  os adoçantes NÃO fazem mal à saúde.

 

Conteúdo produzido em parceria com a ABIAD.

Publicado por Dra. Ana Escobar
Dra. Ana Escobar (CRM 48084-SP) é médica pediatra formada pela FMUSP (Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo), pela qual também obteve Doutorado e Livre Docência no Departamento de Pediatria.