/

Adoçantes são seguros?

SIM. Adoçantes são seguros para a saúde das pessoas.

Não estranhe esta afirmação. Os adoçantes foram causa de grandes polêmicas e muitas pessoas ainda têm a opinião de que estes produtos podem fazer mal à saúde. Mas não é nada disso. Estudos científicos bem sérios, conduzidos por instituições mundiais acima de quaisquer suspeitas ou interesses econômicos, como o  FDA ( Food and Drug Administration) dos Estados Unidos, o JECFA ( Joint FAO/WHO Expert Committee on Food Additives) e o NCI (National Cancer Institute) dos Estados Unidos, chegaram à conclusão de que os adoçantes não causam qualquer efeito adverso à saúde, quando consumidos nas doses máximas indicadas.

Por isso, é importante que saibamos por quais razões podemos consumir estes produtos que, na verdade, podem nos ajudar a ter uma vida mais saudável e equilibrada.

Para começar a entender, as respostas destas perguntas podem nos orientar:

O que são adoçantes?

Adoçantes ou edulcorantes são substâncias que têm poder para adoçar, ou seja, garantir ao alimento um gosto “doce”. Isso significa que pequenas doses são capazes de dar um sabor doce somente alcançado com uma quantidade muito maior do açúcar. A Stevia, por exemplo, tem um poder edulcorante 300 vezes maior e a sucralose 600 vezes maior  que o açúcar. Resultado: com uma quantidade muito menor de calorias obtém-se o sabor doce equivalente. Por isso, os adoçantes podem ajudar nas dietas que devem ter restrição calórica.

Os adoçantes não são algo “químico”?  

Muitos têm o conceito de que os adoçantes são algo “químico” e por isso fazem mal à saúde. Muita calma nesta hora, pessoal! Vamos pensar que tudo o que está na natureza tem uma fórmula química: até mesmo a água, H2O, é uma substância “química”. O açúcar extraído da cana e o sal extraído das salinas naturais também são substâncias químicas. O que existe é uma confusão entre os conceitos de artificial e químico. A Stevia e o xilitol, por exemplo, que são substâncias adoçantes, têm sua origem em plantas, na natureza e, portanto, são considerados adoçantes “naturais”. Porém, como tudo, eles também têm uma fórmula química.  Alguns produtos, portanto, existem na natureza e outros não. Mas todos têm uma fórmula “química”.

Adoçantes são seguros para a saúde?

Foi exatamente isso que foi feito com todos os adoçantes aprovados para uso, que se encontram disponíveis no mercado como, por exemplo, sucralose, Stevia, xilitol ou aspartame, apenas para citar alguns.  Certamente, os estudos definem para cada um deles a quantidade de uso segura, como deve ser para tudo o que ingerimos. A ingestão diária segura para a maioria dos adoçantes é muito grande.

Portanto, os adoçantes podem ser uma forma segura para restringir suas calorias diárias.

Conteúdo produzido em parceria com a ABIAD.

Publicado por Dra. Ana Escobar
Dra. Ana Escobar é médica pediatra formada pela FMUSP (Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo), pela qual também obteve Doutorado e Livre Docência no Departamento de Pediatria.