/

Posso passar talco no meu filho?

Quem não gosta de sentir aquele cheirinho de “frescor” nos filhos? Por isso, por muito tempo, as nossas mães e avós se utilizaram de um produto que necessariamente fazia parte do enxoval dos bebês: o talco.
E agora? Nos dias atuais o talco saiu de moda? Ou tem alguma contraindicação? Por que poucos usam o talco?
O talco está sendo menos indicado nos dias de hoje por uma razão: possui partículas muito finas que podem ser inaladas pelos pequenos. Isso significa que as partículas minúsculas de talco podem penetrar no pulmão e comprometer as vias aéreas.
Por isso, se alguém quiser utilizar o talco, tudo bem, desde tome os cuidados necessários para evitar a suspensão do pó do talco no ar. Como fazer isso? Uma dica é colocar o talco nas suas mãos longe dos bebês e depois espalhá-lo nas partes do corpo que se deseja passar.
Outra dica é utilizar o amido de milho como talco, já que este tem partículas mais pesadas e não formam suspensão no ar.
Além disso, o talco perdeu seu espaço às trocas de fraldas para as pomadas e cremes contra assaduras, que são extremamente eficientes e não oferecem risco nenhum.
Ter filhos perfumados é muito bom! Mas filhos perfumados sem riscos para a saúde é melhor ainda!
Publicado por Dra. Ana Escobar
Dra. Ana Escobar (CRM 48084-SP) é médica pediatra formada pela FMUSP (Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo), pela qual também obteve Doutorado e Livre Docência no Departamento de Pediatria.