/

O que é catarata? Cirurgia é a única solução?

Olhe-se no espelho. Veja sua pupila: é aquele pontinho preto no meio da íris, que a “bola” colorida maior. A pupila, na verdade, é um “buraco” por onde entra a luz. Quando estamos no escuro, ela se dilata, para deixar toda a claridade possível entrar. No Sol, a pupila fica pequenininha, um pontinho mesmo, pois o pouco de luz que entra já é suficiente.

Atrás da pupila, para dentro do olho, temos uma lente transparente, que se chama cristalino. Esta lente recebe a luz de tudo o que enxergamos e manda para retina. A catarata é uma lesão nesta lente, no cristalino, que fica “opaco”, impedindo que a luz chegue na retina. Resultado: não enxergamos. Exatamente como se você pintasse uma das lentes dos óculos com uma tinta opaca, ou colocasse um tampão em um dos olhos. Não daria para enxergar direito, não é mesmo?

O grau de comprometimento varia de pessoa para pessoa. Alguns bebês podem já nascer com catarata. Mas normalmente a doença surge com a idade. Traumas na região dos olhos ou uso indevido de colírios também podem causar catarata. Muito cuidado!

O diagnóstico é feito pelo médico oftalmologista. O tratamento é sempre cirúrgico e os resultados são realmente muito bons.

Procure regularmente seu oftalmologista. Seus olhos merecem todo o cuidado.

Viver e ver a vida são presentes com os quais não se deve brincar.

Publicado por Dra. Ana Escobar
Dra. Ana Escobar é médica pediatra formada pela FMUSP (Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo), pela qual também obteve Doutorado e Livre Docência no Departamento de Pediatria.