/

O DHA é importante para o desenvolvimento infantil?

Dá para imaginar que os bebês já nascem com mais ou menos 100 bilhões de neurônios, que são as células do cérebro, prontinhos para funcionar?

Pois é exatamente assim que acontece. No entanto, para que os bebês possam aprender tudo o que deverão aprender na vida, estes neurônios precisam se conectar, ou seja, “conversar” entre si e transmitir informações de um para o outro para que o pensamento, o raciocínio, a inteligência, a aquisição de habilidades e todas as funções biológicas do organismo possam acontecer em harmonia.

Para exemplificar e ilustrar, vamos imaginar várias pessoas em uma mesma sala. Se todos ficarem em imóveis e em silêncio, nada acontecerá. No entanto, se todos se conectarem, conversarem e interagirem entre si, uns aprenderão com os outros e as informações se divulgarão e serão transmitidas com muito maior rapidez e facilidade.

Assim o cérebro vai se desenvolvendo nos primeiros cinco anos de vida. Vejam só que fantástico: nos primeiros 6 meses a cabecinha dos bebês cresce uma média de 10 cm. Imaginem que para crescer mais 10 cm demora uns 15 anos. Portanto, o crescimento do sistema nervoso central é fundamental no início da vida.

O que é o DHA?

DHA é um tipo de gordura “do bem”, um tipo de ômega-3, que tem uma ação essencial: ajuda os neurônios a transmitirem as informações de uns para os outros.

Dos neurônios saem os nervos, que são os responsáveis pela transmissão e recepção das ordens e sensações, como se fossem “fios elétricos”  que transmitem eletricidade.  O DHA forma uma camada de proteção nestes “fios”, como se fosse aquela camada de plástico que envolve os fios elétricos para nos proteger de choques.

Um nervinho que está protegido, “encapado”, ou “mielinizado”, como é o termo médico que se utiliza para isso, transmite um impulso nervoso com muito mais facilidade. Resultado: o bebê e a criança que tem habitualmente o DHA na sua dieta são capazes de aprender melhor e desempenhar todas as etapas do desenvolvimento com uma facilidade muito mais evidente.

O DHA, portanto, é fundamental para o desenvolvimento infantil.

Publicado por Dra. Ana Escobar
Dra. Ana Escobar é médica pediatra formada pela FMUSP (Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo), pela qual também obteve Doutorado e Livre Docência no Departamento de Pediatria.