/

Leite materno (amamentação)

Há três fases na produção de leite. A cada mamada, o primeiro leite que sai é mais claro e aparentemente ralo. Este leite inicial é riquíssimo em células de defesa que protegem os bebês das doenças. A segunda fase contém os nutrientes e a terceira, de cor mais amarela, é rica em gorduras essenciais para o ganho de peso e para o funcionamento adequado do intestino.
Por este motivo, a orientação é que o bebê esgote totalmente o leite de um peito. E só depois seja oferecido o outro. Mas se os dois peitos estiverem muito cheios, não há problema em alternar.

Não existe leite fraco. Se o bebê não estiver ganhando peso, o que pode estar acontecendo é que a quantidade produzida não esteja adequada às necessidades da criança. Neste caso, o pediatra pode rever a dinâmica do aleitamento e tomar uma decisão.

Publicado por Dra. Ana Escobar
Dra. Ana Escobar (CRM 48084 | RQE 88268) é médica pediatra formada pela FMUSP (Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo), pela qual também obteve Doutorado e Livre Docência no Departamento de Pediatria.