/

Homeopatia funciona?

A medicina tradicional, não obstante estar estruturada em um arsenal terapêutico gigantesco e cientificamente comprovado, muitas vezes não consegue responder a necessidades específicas da população. Resultado: muitos buscam outras possibilidades terapêuticas que também podem ser eficazes para aplacar o desconforto da doença. A homeopatia é uma delas.

No entanto, sempre vem a dúvida: será que funciona? Na sequencia, outra pergunta se coloca: e os fitoterápicos? O que são? Qual a diferença entre homeopatia e fitoterapia? Vamos entender.

A homeopatia é um especialidade que entende cada  ser humano individualmente como um todo – mente e corpo; isto significa  todos os órgãos e sistemas, vivendo  em equilíbrio- e tem como princípio essencial a ideia de que a doença acontece em consequência do desequilíbrio do organismo.

Para o especialista homeopata, portanto, é fundamental conhecer cada pessoa  em todos os seus aspectos humanos, seu estilo de vida, sua alimentação, seus hábitos e seus antecedentes de saúde para ministrar o tratamento. Diz-se que a homeopatia trata o doente e não a doença.

A terapêutica homeopática utiliza-se de produtos de origem vegetal, animal ou mineral, sendo todos submetidos a uma técnica específica de preparo, o que lhes garante segurança e isenção de efeitos colaterais indesejáveis.

A fitoterapia, por sua vez, não é uma especialidade. É uma forma de tratamento que utiliza medicamentos produzidos única e exclusivamente com matéria prima obtida dos vegetais. O produto ativo obtido da planta é industrializado na forma de medicamento fitoterápico. São medicamentos e não são isentos de efeitos colaterais. A Anvisa os regulamenta cuidadosamente e há atualmente mais de 70 plantas liberadas para uso. Todas devem ser submetidas a testes clínicos de segurança.

O conhecimento e a aquisição de  informações consistentes ampliam nossa visão, nossos horizontes e, consequentemente, nossas possibilidades para uma vida mais  lúcida, sem pré-conceitos.

Publicado por Dra. Ana Escobar
Dra. Ana Escobar é médica pediatra formada pela FMUSP (Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo), pela qual também obteve Doutorado e Livre Docência no Departamento de Pediatria.