/

Estrabismo tem cura?

Olhe agora para cima. Depois para os lados e imediatamente para baixo. Incrível como conseguimos movimentar nossos olhos, não é mesmo?

Fazemos isso graças a seis músculos que temos em CADA olho. Seis músculos que se movimentam harmonicamente, olhando sempre, em conjunto, para o mesmo objeto. O objetivo de tanta sincronia é levar para o cérebro a informação mais precisa possível para que ele possa identificar e processar o que estamos vendo.

No estrabismo, um destes músculos pode não funcionar muito bem. Por isso os olhos não se movimentam harmonicamente, prejudicando as informações visuais recebidas pelo cérebro. A boa notícia é que TEM CURA. Tanto em adultos como em crianças. Portanto, É VERDADE estrabismo tem cura.

Publicado por Dra. Ana Escobar
Dra. Ana Escobar é médica pediatra formada pela FMUSP (Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo), pela qual também obteve Doutorado e Livre Docência no Departamento de Pediatria.