/

Como saber se minha dor nas articulações é artrite?

Nosso corpo é todo articulado. Isto é tão natural, que nem percebemos que as articulações existem, até que eventualmente elas comecem a doer. Aí descobrimos que elas estão nos dedos das mãos, nos joelhos, calcanhar, cotovelo, ombro, punho… Ufa! Quantas!!  Às vezes mais de uma articulação dói e a intensidade da dor também pode variar.  Algumas pessoas dizem que sabem quando o tempo vai mudar quando, de repente, uma articulação começa a doer. Mas como saber se isto pode ser uma doença conhecida como artrite reumatóide? É fácil entender!

A artrite se caracteriza justamente pela dor nas articulações. É uma doença crônica, inflamatória, que pode evoluir para a deformidade das articulações e perda dos movimentos. Homens e mulheres podem ter. Porém, as mulheres na faixa de 50 a 70 anos são as mais predispostas.

Três sinais de alerta para a artrite são:

1. Rigidez matinal. Isso significa que pela manhã as articulações ficam mais “duras”, rígidas, difíceis de movimentar. Ao longo do dia, esta rigidez vai melhorando devagarinho.

2. Dor e inflamação em três ou mais articulações simétricas, isto é dos dois lados.  Por exemplo, dedos da mão esquerda e dedos da mão direita…

3. Inchaço frequente. Preste atenção principalmente nas as mãos e punhos. Estes locais costumam ser os mais atacados pela artrite.

Se estes sinais persistirem por mais de seis semanas e se, além disso você estiver se sentindo cansado(a) , com mal estar, febre baixa, com perda de apetite ou emagrecimento, procure seu médico. Lembre-se que quanto mais cedo for o diagnóstico da artrite, mais rápido começa o tratamento  e com isso as chances de evolução da doença e de lesões permanentes diminuem bastante. Enfrentar um problema é o grande passo para resolvê-lo. Vá sempre em frente! Saúde!

Publicado por Dra. Ana Escobar
Dra. Ana Escobar (CRM 48084-SP) é médica pediatra formada pela FMUSP (Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo), pela qual também obteve Doutorado e Livre Docência no Departamento de Pediatria.