Sou mãe, trabalho, cuido da casa. Como conciliar tudo isso?
27/08/2018 10:36h

Sou mãe, trabalho, cuido da casa… Socorro! Como conciliar tudo isso?

O toque do despertador soa, para muitas mães, como aquele “BUM” de um tiro que se ouve na largada de uma corrida. Corrida de obstáculos, ainda por cima. Pulam da cama para começar um dia que, seguramente, vai ser exaustivo. Acordar as crianças, supervisionar a escovação dos dentes, as roupas ( hoje tá frio?), a lancheira, o café da manhã, argumentar contra o “eu não quero comer nada agora”, levar para a escola, ir para o trabalho, aguentar o mau humor do chefe, pegar na escola, levar na natação, passar no supermercado…e assim vai até o final de todas as atividades de um dia ”normal” , quando a imensa maioria das mães  “desmaiam” na cama, exauridas das energias. Dormem até quando, poucas horas depois, ouvem o cotidiano e familiar…”BUM”… e novo dia “normal” começa. Nada, nada fácil.

Muitos companheiros ajudam. Ou tentam ajudar. As mães, vamos combinar, são mais ágeis nas decisões e ações quando se refere à casa e às crianças.

Para conciliar tudo isso, com a maior tranquilidade e paz possíveis, há duas dicas importantes, que podem ajudar:

1. Organize-se no tempo e espaço. Faça uma lista de tudo o que você tem que fazer, com os horários bem definidos.  Não tenha nenhum impedimento em delegar funções para o seu companheiro. Ele pode muito bem dividir com você as idas ao supermercado, ao hortifruti ou à feira. Pode fazer a lancheira. As crianças podem colaborar, aprendendo a deixar o quarto em ordem e, dependendo da idade, realizar pequenas outras tarefas domésticas como arrumar a própria cama,  guardar a própria roupa no armário e até ajudar a tirar a mesa. Não centralize tudo em você mesma. Delegue. Confie mais nas pessoas à sua volta.

2. Dentro do espaço do seu dia, arrume um tempo para você mesma. Exatamente. Você deve se cuidar bem para que possa cuidar melhor dos outros. Faça caminhadas, frequente a academia, vá ao cabelereiro, pinte as unhas, leia o jornal, uma revista ou um livro. Distraia-se com o que te fizer bem para descansar a cabeça. Meia ou uma hora por dia. Não é impossível. Ao contrário, é uma prioridade e é super importante para que você consiga recarregar todas as suas baterias.

 

Lembre-se que sem energia não conseguimos agradar ninguém. Muito menos a nós mesmos. A vida passa rápida. Pense nisso.