09/07/2019 09:00h

Posso deixar meu filho brincar com a comida?

O processo de aprendizado é muito mais eficiente quando nos relacionamos emocionalmente com o que se deve aprender. Mais ou menos assim: quem gosta de desenhar tem muito mais interesse em aprender a desenhar. Quem gosta de futebol decora rapidamente o nome dos jogadores do próprio time. É mais gostoso estudar a matéria dada por um professor de quem gostamos mais. Quando a emoção entra em cena, o aprendizado acontece mais facilmente.

Por isso, é super importante que os pequenos tenham uma relação gostosa com a comida. Pegar, segurar, espremer, levar à boca com as próprias mãos faz parte do prazer que a alimentação pode proporcionar.

Os alimentos tem consistências diversas, temperaturas diferentes, cores próprias. Tudo isso pode estimular as crianças. E pode, por consequência, fazê-las gostar mais da comida e do momento da alimentação.

Portanto, vale muito deixar as crianças “brincarem” com a comida. Descobrem, com a emoção,  um mundo inexplorado e isso é muito bom.

Dra Ana Escobar

Dra Ana Escobar

Dra. Ana Escobar é médica pediatra formada pela FMUSP (Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo), pela qual também obteve Doutorado e Livre Docência no Departamento de Pediatria. Atualmente, é coordenadora da Disciplina de Pediatria Preventiva e Social desse mesmo departamento. Ainda na área educacional, é responsável pelas disciplinas de graduação e pós graduação sensu lato e sensu stricto da Faculdade de Medicina da USP.
Dra Ana Escobar

Últimos posts por Dra Ana Escobar (exibir todos)