02/04/2019 19:40h

Coqueluche é uma doença de crianças?

Não. Coqueluche é uma doença que pode dar também em adultos. E muitos adultos, principalmente jovens, estão contraindo coqueluche nos dias de hoje.

Por quê? Porque a vacina protege as pessoas principalmente nos primeiros dez anos de vida. Depois acredita-se que a proteção diminua um pouco. Por isso os adultos jovens estão mais propensos a pegar coqueluche.

É uma doença contagiosa?

Sim! Super contagiosa! Ela é transmitida por uma bactéria chamada Bordetella pertussis. Basta alguém tossir perto da gente que a bactéria “viaja” de carona em gotículas de saliva. Esta saliva penetra no nosso corpo e quem está suscetível pode ficar doente.

A tosse é o sinal mais característico. Uma tosse prolongada, que pode durar mais de três semanas e não melhora com nada. Por isso a coqueluche é também chamada de tosse comprida. O esforço para tossir é tão grande que às vezes a pessoa até inspira com dificuldade, fazendo um barulho conhecido como “guincho”.

A boa notícia é que tem tratamento e é bastante eficaz. Mas só o médico pode diagnosticar e orientar. A vacina da coqueluche ainda é a melhor forma de prevenção e está contida na vacina tríplice, que também protege contra a difteria e o tétano.

Cuide da sua saúde, é o seu bem mais valioso!

Dra Ana Escobar

Dra Ana Escobar

Dra. Ana Escobar é médica pediatra formada pela FMUSP (Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo), pela qual também obteve Doutorado e Livre Docência no Departamento de Pediatria. Atualmente, é coordenadora da Disciplina de Pediatria Preventiva e Social desse mesmo departamento. Ainda na área educacional, é responsável pelas disciplinas de graduação e pós graduação sensu lato e sensu stricto da Faculdade de Medicina da USP.
Dra Ana Escobar