/

Consumo de açúcar e doces por crianças

No topo da pirâmide alimentar da Sociedade Brasileira de Pediatria estão os alimentos que menos devem ser consumidos pelas crianças porque são aqueles que menos fazem diferença para o desenvolvimento saudável. São eles: açúcar e gordura.

Por este motivo, chocolates, balas e doces em geral não devem ser incentivados. Por outro lado, é impossível ignorar que eles existem e que são sim, muito saborosos. O importante, é ensinar que existem momentos adequados e regras para consumi-los. Antes de reclamar que a criança só quer comer bobagens e guloseimas pergunte a si mesmo: “quem compra tudo isto no supermercado?” Lembre-se que a oferta de doces deve ser adequada à CURVA DE PESO E ALTURA de cada criança.

O melhor momento para comer uma sobremesa é depois da refeição. Quando o açúcar é melhor absorvido pelo organismo impedindo picos de insulina.

Publicado por Dra. Ana Escobar
Dra. Ana Escobar é médica pediatra formada pela FMUSP (Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo), pela qual também obteve Doutorado e Livre Docência no Departamento de Pediatria.