/

Quando e como desfraldar um bebê?

Pode parecer fácil e natural, mas quando chega na fase de desfraldar a criança a família costuma ficar ansiosa. E cada um tem uma opinião, o que aumenta a confusão.

O melhor momento para começar a desfraldar é quando a criança dá sinais de que está preparada. Um dos primeiros “avisos” é chamar os pais ou cuidadores depois que ela fez cocô na fralda. Isso mesmo. Ela avisa DEPOIS que fez. Isto geralmente acontece por volta de 2 anos de idade.

Respeitar o tempo da criança é uma grande dica para o sucesso. Por isso, não tenha pressa. Pais que tentam acelerar este processo interferem negativamente, muitas vezes atrapalhando todo o treinamento.

Primeiro a criança aprende a fazer cocô no peniquinho ou no vaso com um adaptador. Coloque-a e não tenha pressa. Converse e fique com ela até acabar. Quando acabar, limpe-a e a incentive, demonstrando que está tudo certo.

Agora é hora de treinar o xixi. Compre cuecas e calcinhas coloridas, de preferência com os personagens preferidos, para animar. Nos primeiros dias, uma dica é levar a criança ao banheiro a cada 2 horas, mais ou menos, para que ela aprenda a relaxar e fazer xixi. Espere um pouco e se ela não fizer, não há problema nenhum.

Se fizer, demonstre total satisfação e alegria. Depois de 2 horas repita o processo. Aos poucos vá deixando a criança mais livre, esperando que ela peça para ir ao banheiro ou demonstre que está com vontade!

Com certeza haverá muitos escapes! Totalmente normal. Não reprima nem repreenda! Fase de treinamento é assim mesmo. Fale com calma que não tem importância e que na próxima vez vamos conseguir fazer no banheiro.

Em geral, o controle do xixi e cocô durante o dia ocorre entre 2 e 3 anos. Tudo bem colocar a fralda para dormir. O controle noturno ocorre mais tarde, geralmente até os 4 anos.

Vá com calma e não apresse o tempo da criança. Paciência e tranquilidade é a grande dica para desfraldar seu filho. Treinar a criança muitas vezes exige que os pais também aprendam a exercitar a calma!

Publicado por Dra. Ana Escobar
Dra. Ana Escobar é médica pediatra formada pela FMUSP (Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo), pela qual também obteve Doutorado e Livre Docência no Departamento de Pediatria.