/

O que podemos fazer para aliviar os sintomas da erupção dentária nos bebês?

Bebês também passam por algumas situações bastante desconfortáveis. Uma delas, com certeza, acontece quando os dentinhos estão nascendo. Esse processo todo incomoda bastante. 

Pior de tudo: é um processo longo pois geralmente começa aos 3 meses, com aquela sensação de “coceira” – que faz com que os pequenos levem constantemente as mãos à boca- e termina por volta dos 2 anos, quando todos os dentinhos já devem ter nascido. 

A gengiva coça, os bebês salivam mais e por volta dos 6 meses finalmente os primeiros dois dentinhos de baixo nascem. A erupção pode causar sintomas que pioram a sensação de incômodo como, por exemplo, aumento da temperatura corpórea – que pode chegar até mais ou menos 37,50C- falta de apetite; intestino mais solto; mais despertares noturnos com um choro que demonstra irritação e, claro, dificuldade para dormir. 

Desconforto dos bebês significa, instantaneamente, desconforto dos pais que, além de tudo, ficam também preocupados com todo este quadro.

Há algo que podemos fazer para diminuir este desconforto gerado na família toda?

Sim: há alguns produtos que podem aliviar os sintomas da erupção dentária nos pequenos. Vamos entender.

Temos basicamente dois tipos de medicamentos: os que contém anestésicos tópicos como lidocaína ou benzocaína e os medicamentos fitoterápicos, ou seja, aqueles que têm sua origem em produtos vegetais. 

O grande problema dos anestésicos é que eles podem inibir o reflexo da deglutição e causar engasgos com risco de aspiração. 

Os medicamentos fitoterápicos são mais indicados pois são cientificamente estudados e há evidências claras de que são eficientes para atenuar o desconforto da erupção dentária nos bebês, sem o risco de efeitos colaterais indesejáveis. 

Quais são estes medicamentos?

Os mais eficazes são aqueles que têm como base o extrato de camomila e de alcaçuz. Os estudos mostram que estes produtos têm efeitos anti-inflamatórios que são importantes para atenuar os sintomas que geram desconforto e, associadamente, têm um efeito sedativo que acalma o bebê, deixando-o mais tranquilo e confortável.

A vantagem destes medicamentos fitoterápicos é que são bem aceitos pelos bebês e fáceis de aplicar: a mãe ou o pai podem friccionar o produto na gengiva do filho; o que promove uma sensação imediata de conforto e carinho. 

Bebês aconchegados e saudáveis deixam as famílias calmas e tranquilas. 

Conteúdo produzido em parceria com a Theraskin.

Publicado por Dra. Ana Escobar
Dra. Ana Escobar é médica pediatra formada pela FMUSP (Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo), pela qual também obteve Doutorado e Livre Docência no Departamento de Pediatria.