28/03/2017 11:02h

É normal as crianças de 2 anos enjoarem de sopa?

A sopa é uma antiga conhecida das crianças. Foi a primeira refeição não láctea com que entraram em contato, dado que as frutas não contam como “refeição”.

Todos os dias , desde os 6 meses, receberam a sopinha extremamente nutritiva com legumes, verduras, carne ou frango ou outras fontes proteicas e os carboidratos, tão importantes para a energia dos pequenos. Com as mais variadas cores e os mais variados sabores, lá estava a sopinha no almoço e no jantar.

Depois de 1 ano de idade, a sopinha foi ficando mais grossa, até que se transformou em comidinha. Muitas famílias, no entanto,  optam por manter a sopa na alimentação diária das crianças, uma vez que pode ser a única forma de fazer os filhos comerem legumes e verduras. Assim,  lá está a sopinha de todos os dias no pratinho dos pequenos.

Tudo certo. A sopa é, de fato, extremamente nutritiva.

No entanto, as crianças pequenas também gostam de experimentar novos sabores. Por isso frequentemente querem comer o que os adultos estão comendo. Isso não significa que farão das novidades  seus hábitos alimentares. Muitas vezes basta uma “experimentadinha” e na sequencia vem  aquele tradicional “não gostei”. Tudo bem. Vale sempre tentar.

Além dos novos sabores,   também gostam de novas cores e novas consistências de alimentos e, principalmente, de comer com as próprias mãos! Por isso, é comum que aos de 2 anos enjoem um pouco da tradicional sopinha.

Isso não é um problema. Evite insistir. Depois de um tempo, eles voltam a gostar da sopa. Mas ofereça de vez em quando. Todos os dias enjoa mesmo! Mastigar é bom e experimentar sabores e consistências é super importante em todas as fases da vida!