/

Estou grávida: posso viajar de carro? E de ônibus ou de avião? Quais cuidados devo tomar?

O grande problema das viagens é a imobilidade. Grávidas precisam se mexer, se movimentar de tempos em tempos. Há uma forte razão para isso:  o sangue das gestantes fica mais propenso a formar coágulos ou trombos, o que é conhecido como trombose. Principalmente nas pernas, se ficarem muito tempo paradas e na mesma posição. Evite ficar sentada por mais de 4 horas seguidas.

Por isso aqui vão as dicas para as viagens:

Avião. Nos aviões há o desconforto dos lugares apertados e o ar seco. Use meia elástica inteira de moderada compressão para evitar o inchaço dos pés. Isso é uma dica muito importante. Levante-se do seu lugar e caminhe pelo corredor do avião a cada 4 horas. Sempre que possível, estique e movimente as pernas. Procure se deitar, sempre que houver assentos vazios nas viagens mais longas. Além disso, beba muita água. Mais que o habitual. Use o cinto de segurança para evitar acidentes caso haja uma turbulência inesperada.

– Carro e ônibus. Use também as meias elásticas e proceda da mesma maneira, parando a cada 4 horas para pequenas caminhadas. Sempre que possível evite estradas muito esburacadas, pois podem favorecer o aparecimento de contrações uterinas. Use sempre o cinto de segurança. Exija que quem estiver ao volante respeite a sinalização das estradas.

Informe-se sobre o local que está indo, é muito importante que você saiba sobre os recursos médicos do local, por exemplo se há algum hospital que aceite o seu plano de saúde, ou qual a maternidade mais próxima caso haja uma emergência.

Viaje e viva com segurança. Agora e sempre.

Publicado por Dra Adriana Grandesso Pompeo de Camargo.
Doutora Adriana Grandesso Pompeo de Camargo (CRM 115.771-SP) é médica graduada pela Unicamp. Obteve Residência Médica em Ginecologia e Obstetrícia, em 2007, pela Unicamp.