/

Gestantes podem fazer exercícios físicos? Em todas as fases da gestação?

SIM! PODE E DEVE! Os exercícios físicos proporcionam uma série de benefícios de ordem física e psicológica para as mamães e seus bebês. Quem se exercita com certeza se sente melhor, tem mais vigor físico, menos cansaço, menos dores, mais energia para encarar o dia a dia e, com tudo isso, claro, se sente mais segura e melhor.

Mas há algumas ressalvas para as quais devemos ter atenção. Vamos entender:

  1. Nos primeiros 3 meses da gestação: EVITE exercícios pesados. Isso mesmo. Neste período o bebê apresenta crescimento e desenvolvimento muito acelerados. As células estão se multiplicando em uma velocidade incrível. E o aumento, em excesso, da temperatura corpórea pode atrapalhar este processo. Por isso, nesta fase, as caminhadas de 30 minutos são bastante recomendadas. No entanto, se você for atleta, ou se está acostumada a praticar exercícios regularmente em intensidade moderada, converse com seu médico para ver o que você pode fazer com segurança.
  2. Depois dos primeiros 3 meses: PODE E DEVE se exercitar. Idealmente, pelo menos 30 minutos por dia, todos os dias. A intensidade pode ser leve ou moderada. Converse com seu médico para escolher um tipo de exercício que combina com você, com sua forma e capacidade física. Cada gestante tem um potencial físico diferente de outra. Por isso, o que é indicado para uma de vocês, pode não ser o ideal para outra. Descubra como você pode gastar suas energias saudavelmente com os exercícios que escolher. Sem exageros. Respeite os seus limites.
  3. Lembre-se de conversar com o seu médico sobre a sua prática de exercícios em todas as consultas de pré-natal, algumas condições de risco podem necessitar de repouso e/ou diminuição da atividade física. Exercícios de impacto devem ser evitados pelos riscos maiores de lesões articulares, trauma abdominal ou queda. Sua segurança e do bebê vem em primeiro lugar.

A prática diária de exercícios melhora a capacidade física e traz uma sensação de estar bem, que é absolutamente fundamental neste período tão especial da vida da mulher.

Publicado por Dra Adriana Grandesso Pompeo de Camargo.
Doutora Adriana Grandesso Pompeo de Camargo (CRM 115.771-SP) é médica graduada pela Unicamp. Obteve Residência Médica em Ginecologia e Obstetrícia, em 2007, pela Unicamp.