/

O que é puerpério?

Quarentena, resguardo ou puerpério. Todos estes nomes são sinônimos para designar os primeiros 40 dias após o parto. Trata-se de um tempo de recuperação durante o qual o corpo retorna lentamente à forma anterior. Vamos entender.

Útero: volta ao tamanho normal durante esse período. Durante as mamadas do bebê é normal sentir um pouco de cólica, devido à liberação de ocitocina, uma substância que   contrai o útero ajudando-o a retornar ao seu tamanho anterior. Os antigos a chamavam de “dores de tortos” e são benignas e autolimitadas.

Sangramento: durante os primeiros 7 a 30 dias, há um sangramento vaginal, que ocorre devido a cicatrização do local em que estava a placenta, que é chamado “loquiação”. Durante este período é normal que este sangue mude de cor. Passa de vermelho para marrom e depois para amarelado.

Alimentação: a alimentação balanceada é fundamental. Os estudos científicos não confirmam a tese de que a mãe não pode comer chocolate, café, feijão ou banana, por exemplo, para que o bebê não tenha cólica. Use o bom-senso: passar 2 dias comendo chocolate o dia inteiro pode realmente não ser uma boa ideia. Beba muito liquido, mais de 2 litros de água por dia. Isso pode, de fato, aumentar a produção de leite materno.

Engravidar: Enquanto o bebê é amamentado regularmente durante o dia e a noite, o eixo hormonal da mulher fica inibido, tornando improvável uma ovulação e consequente gravidez. A fertilidade, portanto, está diminuída durante esse período nas mulheres que amamentam exclusivamente até o 4º mês. Após esse período você deve usar um método de sua escolha.

Libido: A libido, devido à alta prolactina da amamentação, costuma estar baixa durante esse período de quarentena. É a natureza ajudando a evitar a próxima gravidez! Durante todo o primeiro ano do bebê é normal que a libido permaneça baixa. Carinhos, carícias, conversas e muito companheirismo serão necessários para passar por essa fase.

Restrições: Se você fez cesariana, esses primeiros dias são essenciais para a boa cicatrização. Evite pegar excesso de peso, assim como fazer atividades que usem os músculos que estão se recuperando, como dirigir, praticar exercícios ou subir escadas nos próximos 40 dias. Após o parto normal, em alguns casos os exercícios leves estão liberados após 21 dias.

Lembre-se que é um momento em que a prioridade deve ser a de conhecer e cuidar do seu novo filhote. Procure descansar o máximo possível e, para isso, peça ajuda. Arcar com a responsabilidade de zelar por uma vida, totalmente dependente, é um desafio e tanto para a nova mãe. Vamos em frente!

 

Publicado por Dra Adriana Grandesso Pompeo de Camargo.
Doutora Adriana Grandesso Pompeo de Camargo (CRM 115.771-SP) é médica graduada pela Unicamp. Obteve Residência Médica em Ginecologia e Obstetrícia, em 2007, pela Unicamp.