/

O que é a pré-eclâmpsia?

A pré-eclâmpsia acontece apenas na gravidez em 1 a cada 10 gestantes. A maioria dos casos é leve, mas alguns – aproximadamente 1 a cada 100 nas primeiras gestações – podem ser perigosas para o bebê ou para a mãe. Vamos entender e saber quando pensar neste diagnóstico.

Alguns sinais e sintomas da pré-eclâmpsia são:

– Medidas de pressão alta do meio para o fim da gravidez;

– Presença de proteína na urina

– Inchaço nas mãos e no rosto

– Dores de cabeça e alterações visuais, como pontos pretos ou brilhantes;

– Fortes “dores de estômago”

– Bebê que cresce pouco

Se você apresentar alguns sinais, fale com seu médico. Importante saber, no entanto, que isoladamente cada sinal deste pode não significar pré-eclâmpsia.  Mas é preciso checar sempre.

Por isso, as medidas de pressão devem ser feitas em todas as consultas no final da gravidez.

Faça seu pré natal corretamente. Não deixe de ir a todas as consultas. Seu bebê e sua saúde agradecem.

Publicado por Dra Adriana Grandesso Pompeo de Camargo.
Doutora Adriana Grandesso Pompeo de Camargo (CRM 115.771-SP) é médica graduada pela Unicamp. Obteve Residência Médica em Ginecologia e Obstetrícia, em 2007, pela Unicamp.