/

Estou grávida e tendo muitas câimbras à noite. O que fazer?

As câimbras costumam aparecer quando nos exercitamos demais, em decorrência da exaustão muscular. É o que acontece com a gravidez: o peso “extra” do bebê deixa seus músculos mais cansados, causando as desconfortáveis câimbras que podem te acordar durante a madrugada.

Mas há também outras possíveis causas para as câimbras na gestação: o excesso de fósforo (presente em frios, salgadinhos e refrigerantes) e a escassez de minerais no sangue como o cálcio, o magnésio e o potássio. Outra possibilidade é a pressão do útero sobre os nervos que vão até as pernas. Ou uma combinação de tudo isso!

Veja aqui o que você pode e deve fazer quando a câimbra começar:

  • Faça alongamento. Comece esticando a perna que está doendo. Coloque os pés flexionados na sua direção, como os jogadores de futebol que puxam a ponta do pé para si quando estão com câimbra. Dificilmente você conseguirá alcançar seus dedos do pé com as mãos, mas pode ir mexendo devagar o tornozelo e os dedos. No começo vai doer, mas depois a dor deve melhorar.
  • Massageie o músculo afetado pela câimbra. Se estiver com seu marido, ou com alguém ao seu lado, peça para te ajudar.
  • Tome um banho quente ou coloque uma bolsa de água quente na região afetada.
  • Caminhe. Andar por alguns minutos costuma aliviar a dor.

DICAS para evitar as câimbras:

  • Alongue-se antes de dormir. Se você alongar os músculos da panturrilha (a batata da perna) várias vezes antes de ir para a cama, pode até impedir completamente que as câimbras aconteçam.
  • Evite passar muito tempo de pé ou sentada com as pernas cruzadas, e tente não usar salto.
  • Sempre que estiver sentada, movimente o tornozelo e os dedos do pé – quando estiver no trabalho, num jantar ou assistindo à TV.
  • Coma bananas, batata e tome suco de laranja natural, que são ricos em potássio. Os atletas são fãs dessa terapia para prevenir câimbras, embora muitos considerem que a eficácia dessas frutas no combate à câimbra não passe de um mito. Como banana e laranja só fazem bem em outros aspectos, não custa tentar.
  • Evite refrigerantes, que contêm bastante fósforo.

Lembre-se que apesar de dolorosas, as câimbras são inofensivas!

Publicado por Dra Adriana Grandesso Pompeo de Camargo.
Doutora Adriana Grandesso Pompeo de Camargo (CRM 115.771-SP) é médica graduada pela Unicamp. Obteve Residência Médica em Ginecologia e Obstetrícia, em 2007, pela Unicamp.