A gravidez dura nove meses e uma eternidade
24/07/2015 19:19h

Você já ouviu falar que a gravidez dura nove meses e uma eternidade?

No final da gravidez realmente tem-se a impressão de que o tempo não passa! A curiosidade de conhecer a carinha do bebê se soma aos desconfortos que costumam ser crescentes. E o tempo começa a se arrastar. Qual a melhor forma de fazer o tempo passar mais rápido? Vamos a algumas dicas:

a) Namorar. Sim, namorar. Nos primeiros meses do bebê, no meio de fraldas, noites mal dormidas entremeadas por longas mamadas, dificilmente haverá tempo para o casal. As várias tarefas que um bebê exige são, muitas vezes, motivo de discussão (“eu fui o último, agora é você que vai lá…”, “não, eu é que fui…”).

Os filhos são a melhor coisa do mundo mas, sejamos realistas, também são um desgaste constante para uma relação. Estes últimos dias de gravidez podem servir para investir no tempo a dois. É um bom momento para fazer jantares românticos, namorar, conversar muito, principalmente sobre o bebê e sobre o que se espera dos próximos tempos. Conversem também sobre o parto e sobre o que o pai pode fazer para ajudar.

b) Arrumar as coisas do bebê. Ajeitar as roupas e o enxoval do bebê nos mínimos detalhes é uma maneira de ir se conectando com a sua casa, com o mundo doméstico. Aproveite para deixar o algodão e o pacote de fraldas abertos no trocador; a toalha no lugar para o primeiro banho em casa e luminárias em cantos estratégicos para as trocas noturnas! Descansar e conectar-se ao bebê é o melhor que se pode fazer para encurtar este período de espera. Fale com o seu filho, acaricie sua barriga. Diga-lhe que está tudo pronto para a sua chegada e que você quer muito vê-lo.

Um ambiente seguro e tranquilo é o melhor indutor natural do parto. Estamos chegando lá!!!!