/

Devo evitar café no final de gestação?

A cafeína é um estimulante que aumenta o ritmo cardíaco e o metabolismo. Passa rapidamente para o bebê e, consequentemente, afeta a maneira como o bebê se sente. Esse tipo de estímulo, quando constante, não é saudável para o seu filho e pode levar a um baixo peso ao nascimento. No entanto, breves momentos — como os que se seguem ao consumo de uma xícara de café, por exemplo – não chegam a fazer mal.

Importante saber que grande quantidade de cafeína tem efeito diurético, o que quer dizer fazer mais xixi. Isso significa ter que tomar mais água também, pois gestantes tem que se manter hidratadas.  Outro problema é que ela pode provocar insônia e te deixar, depois, com uma incômoda dor de cabeça.

Chás que contém cafeína, chocolate e café em excesso, podem também prejudicar a capacidade do seu corpo de absorver ferro, principalmente se consumidos meia hora antes, depois ou durante uma refeição. Baixa de ferro durante a gravidez pode causar anemia. E isso não é interessante nem para você nem para o bebê.

A quantidade de cafeína em chás e cafés pode variar bastante, dependendo da marca, da maneira como são feitos, mais fortes ou mais fracos, e do tamanho da xícara em que são servidos. No final da gravidez, você não deve ultrapassar 2 xícaras de café por dia.

Dica importante: evite tomar café depois das 16 horas: você fica mais propensa à insônia e o bebê pode ficar mais agitado. Aí nenhum dos dois sossega direito!

Publicado por Dra Adriana Grandesso Pompeo de Camargo.
Doutora Adriana Grandesso Pompeo de Camargo (CRM 115.771-SP) é médica graduada pela Unicamp. Obteve Residência Médica em Ginecologia e Obstetrícia, em 2007, pela Unicamp.