Meu filho bateu a cabeça, o que fazer? - Dra. Ana Escobar
02/02/2018 09:23h

Meu filho bateu a cabeça, o que fazer? Como identificar os sinais de perigo?

Acontece geralmente à noite, antes dos pequenos irem para a cama. Já estão com sono e PIMBA! Caem e batem a cabeça. As crianças choram e os pais ficam desorientados. O que fazer? Pode deixar dormir?

Vamos entender. Quando a criança cai e bate a cabeça pode acontecer uma hemorragia. Isso significa que um vaso de sangue pode se romper e ficar “pingando” dentro da cabeça. Esse é um problema sério. O sangue derramado tem que ocupar um espaço e, para tanto, comprime outras partes do cérebro. Como o cérebro não tolera ser comprimido, emite sinais de desconforto como consciência alterada, sonolência excessiva, fora da hora de dormir e vômitos, que geralmente vem em jato.

Quando um destes sinais estiver presente, melhor ir até o pronto atendimento mais próximo para que a criança seja avaliada. Portanto, criança que cai e vomita ou está com a consciência alterada ou com muito sono, precisa ser avaliada imediatamente por um médico.

E se a criança caiu perto da hora de dormir? Se não vomitou e o tombo foi pequeno, deixem que ela durma. Não há como “segurar” o sono. O que precisa ser feito, no entanto, é vigiá-la ao longo da noite. É recomendável que os pais acordem a cada 3 horas e “chamem”. Se a criança esboçar movimentos ou acordar, é sinal de que está consciente. Então, deixe dormir. Se, no entanto, vomitar ou estiver difícil fazê-la acordar, vá imediatamente ao pronto-socorro.

Se, no entanto, depois de cair e bater a cabeça, a criança continuar bem, alegre, disposta e não vomitar, observe por pelo menos 48 -72 horas. Se depois deste período ela permanecer bem e normal, então fique tranquilo.

Saber o que fazer antes é o primeiro passo para não se desesperar depois.