Reação às vacinas - Dra Ana Escobar
10/10/2018 14:06h

Reação às vacinas

As vacinas são um importante avanço médico. Qualquer desconforto causado por uma vacina é muito menor do que o risco de se contrair uma doença.

A febre é a reação mais comum às vacinas. Isto acontece porque as vacinas são feitas com o vírus atenuado ou com partes dos vírus que causam a doença. Estes fragmentos estimulam o sistema imunológico que fica preparado para um eventual ataque. Todas as vacinas são seguras e resultado de anos e anos de pesquisa.

A intensidade e a reação às vacinas variam muito de indivíduo para indivíduo. E nem sempre a criança que tem reação a uma vacina terá às outras. Além da febre, as reações mais comuns são dor no local onde a vacina foi aplicada e irritabilidade. Estes sintomas costumam durar por dois dias.
Mas isto não é uma regra, as vacinas contra rubéola, sarampo, caxumba e varicela podem dar manchinhas vermelhas e um pouco de febre até 15 dias depois da aplicação. É o chamado “sarampo vacinal”. Dura 48 horas e apesar do desconforto não oferece risco grave para a criança.

Um mito: não existe relação alguma entre vacinas e autismo. Vários estudos foram feitos e nenhuma vacina foi associada à maior incidência de autismo nas crianças. Este mito surgiu especificamente a respeito da vacina contra rubéola mas é um boato completamente infundado.