/

Até que idade as crianças devem estar falando?

Quando os bebês começam a “falar”?

Se você disse com 2 ou 3 anos de idade, você errou!!

Os bebês começam a “falar” no momento em que nascem. Claro que, a forma de se expressar verbalmente, vai mudando ao longo da vida. O conhecimento que adquirimos muda nossa capacidade de expressão oral. Ampliando o nosso repertório conseguimos comunicar o que pensamos e sentimos através das palavras.
Reparem como a nossa forma de falar muda ao longo dos anos.
Crianças pequenas tem uma linguagem diferente de crianças maiores que, por sua vez, é diferente da linguagem de adolescentes, dos adultos e dos idosos. Cada um se expressa de uma forma própria, não é mesmo?

Bebês “falam” com o choro. Basta chorar e as mães, pais ou cuidadores entendem na hora o que o bebê quis dizer e falam em alto e bom som: “é fome!”, ou “é dor” ou “ é manha”, “ pegue ele no colo”… Isso mesmo! Os bebês se fazem entender.

Aos 7 meses vem a chamada fase da “lalação”, quando os pequenos ficam cantarolando sílabas soltas como “dá” “lá” “bu”, por exemplo. Com 1 ano de idade, conseguem entender frases simples como “dá prá mamãe” e relacionar palavras a objetos como “ carro”, por exemplo. Entendem e fazem-se entender por gestos ou sílabas mais fáceis. Com o crescimento, vão adquirindo a capacidade de elaborar um pensamento e traduzir o seu desejo em palavras simples. Isso acontece entre 1 e dois anos de vida. O aprimoramento da capacidade de falar é progressivo e perto de 3 anos de idade as crianças já devem estar formando frases, conversando e até argumentando a favor de seus desejos.

A capacidade humana para aprender é incrível e as crianças nos demonstram isso com leveza e facilidade. Aprenda, você também, coisas novas todos os dias. Basta querer!

Publicado por Dra. Ana Escobar
Dra. Ana Escobar é médica pediatra formada pela FMUSP (Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo), pela qual também obteve Doutorado e Livre Docência no Departamento de Pediatria.