/

Posso usar umidificador no quarto do meu filho?

Dias e noites mais secas fazem com que nossa mucosa respiratória fique igualmente ressecada e isso pode propiciar uma queda da defesa local favorecendo quadros infecciosos. Por isso sintomas como tosse, dor de garganta, rouquidão, congestão nasal ou dor de cabeça, por exemplo, são tão comuns nesta época do ano.
Para aliviar e prevenir estes sintomas desconfortáveis, a umidificação do quarto de dormir é uma excelente opção.
Como fazer?
Existem duas formas básicas para umidificar o ambiente;
1. Aparelhos Umidificadores. São excelentes e proporcionam um ambiente totalmente umidificado. No entanto, importante seguir as instruções do fabricante e não deixa-lo ligado por muito tempo, pois a umidificação em excesso pode também prejudicar a saúde. O equilíbrio é sempre a melhor pedida.
2. Métodos caseiros de umidificação, como uma bacia de água no quarto ou toalhas de banho molhadas e torcidas abertas em cima de uma cadeira. Importante dizer que estas duas formas são bastante eficazes e produzem uma umidificação bastante razoável e suficiente, na maioria das vezes.
Não se esqueçam, claro, de oferecer mais água que o habitual para seus pequenos. No frio, muitas crianças não referem sede. Por isso, é sempre bom chegar de quando em quando com um pouquinho de água para eles tomarem!
Publicado por Dra. Ana Escobar
Dra. Ana Escobar é médica pediatra formada pela FMUSP (Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo), pela qual também obteve Doutorado e Livre Docência no Departamento de Pediatria.