25/03/2019 13:52h

O que fazer para atenuar os enjoos?

Quem sente sabe o que é. Só de ler ou falar a palavra “enjoo” já dá desconforto. Não é fácil. O banheiro vira um dos locais mais frequentados da casa!

A boa notícia é que os enjoos acabam em 12 semanas. Isso mesmo. Depois deste período normalmente cessam. Até lá, vamos ver cinco dicas que podem ajudar bastante.

1- Não fique mais de 3 horas em jejum. O jejum prolongado piora a sensação de enjoo. Coma alguma coisa a cada 3 horas. Mesmo que sejam apenas algumas mordidas. Escolha algo de que você goste. Gengibre em pedacinhos pode ser uma opção bem interessante.

2- Coloque uma bolacha de água e sal na sua mesa de cabeceira. Quando acordar, coma-a. Isso mesmo. Antes mesmo de escovar os dentes. O enjoo é em geral muito pior pela manhã. Comer algo seco assim que você desperta pode atenuar bastante esta sensação desagradável.

3- Dê preferência a alimentos gelados. A temperatura baixa pode ajudar a atenuar a sensação ruim do enjoo. São uma excelente opção picolés de frutas, iogurtes ou sucos gelados. Suco de maracujá gelado e sem açúcar é perfeito!

4- Evite alimentos gordurosos ou muito condimentados. Imagine que a digestão fica mais lenta no período da gestação e estes alimentos, de difícil digestão, ficam parados muito tempo no estômago e pioram a sensação de enjoo.

5- Chupe gelo. É uma excelente forma de você tomar água. Manter-se hidratada é fundamental para todas as gestantes e o enjoo atrapalha a ingestão correta de líquidos. Mesmo assim, tente tomar água de gole em gole, várias vezes ao dia. Ainda mais nos dias muito quentes e secos. Evite tomar muita água de uma só vez, pois a chance de vômitos é maior.

Os enjoos passam. Mas enquanto isso não acontece, as futuras mamães tem que enfrentar esse desconfortável sintoma que chega todos os dias. Força! Chegaremos lá!

Dra Adriana Grandesso Pompeo de Camargo

Dra Adriana Grandesso Pompeo de Camargo

Doutora Adriana Grandesso Pompeo de Camargo (CRM 115.771-SP) é médica graduada pela Unicamp. Obteve Residência Médica em Ginecologia e Obstetrícia, em 2007, pela Unicamp.
Dra Adriana Grandesso Pompeo de Camargo

Últimos posts por Dra Adriana Grandesso Pompeo de Camargo (exibir todos)