18/03/2019 19:21h

O que é hérnia de disco?

A coluna vertebral é formada por vários ossos. Estes ossos se chamam vértebras e ficam empilhadas umas sobre as outras. Para que as vértebras não fiquem se atritando, “raspando” entre si, há no meio delas o disco intervertebral que é uma espécie de anel feito de cartilagem.

Este disco funciona como um “acolchoado”, isto é, permite a movimentação da coluna e impede o atrito entre os ossos vertebrais. Bem no meio desta estrutura toda, que são as vértebras e os discos, passam todos os nervos do corpo. Temos as vértebras cervicais, que ficam na região do pescoço, as torácicas, situadas na região do tórax e as lombares, que são as mais baixas e que ficam na altura da cintura.

A hérnia de disco acontece quando um destes “discos” que fica no meio das vértebras se desgasta, sai da sua posição normal, “escorrega” e passa a comprimir os nervos que estão passando por ali. Por isso, provoca muita dor. Este é o principal sintoma. A hérnia de disco costuma aparecer com mais frequencia na região da coluna cervical e na lombar.

É possível prevenir a hérnia de disco?

Sim, é possível. Há um componente genético na determinação deste tipo de hérnia. Mas dá para prevenir.

Duas dicas importantes, práticas e que funcionam bem:

1. Procure sempre manter a coluna em uma posição correta. Nunca sente torto numa cadeira. Quando estiver em pé, veja se sua coluna está bem alinhada. Cuidado no computador. É muito fácil nos concentrarmos tanto na tela que esquecemos da postura. Lembre-se da sua coluna quando estiver num sofá vendo TV. Fique confortável, claro, mas não se deixe ficar “torto”!

2. Faça alongamentos, especialmente os indicados para a coluna, e exercícios físicos. A atividade física ajuda a manter a musculatura das costas bem firme e é isto que vai dar sustentação para a postura correta da coluna.

Cuide da sua postura! Mantenha a linha!! Isso vale em todas as situações, não é mesmo?

Dra Ana Escobar

Dra Ana Escobar

Dra. Ana Escobar é médica pediatra formada pela FMUSP (Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo), pela qual também obteve Doutorado e Livre Docência no Departamento de Pediatria. Atualmente, é coordenadora da Disciplina de Pediatria Preventiva e Social desse mesmo departamento. Ainda na área educacional, é responsável pelas disciplinas de graduação e pós graduação sensu lato e sensu stricto da Faculdade de Medicina da USP.
Dra Ana Escobar