01/04/2019 15:53h

O que é a hepatite A?

Vemos todos os dias pessoas com dúvidas sobre a Hepatite A, o que é? Como se pega? É uma doença perigosa?

Hepatite A é uma…. virose! Isso mesmo!! A doença é transmitida por um vírus que “ataca” as células do fígado e provoca uma inflamação. Consequência: o fígado não tem condições de funcionar muito bem. Quem pega hepatite A fica muito tempo doente… por até dois meses. Só o período de incubação da doença pode demorar de 2 a 6 semanas.

Como se “pega” hepatite A?

Quem tem hepatite A elimina o vírus nas fezes. Em regiões onde o saneamento não é adequado, o vírus se dissemina e contamina a água. É um vírus muito resistente que pode permanecer no meio ambiente por muitos anos, mesmo em condições climáticas adversas. Pega-se hepatite A quando uma pessoa saudável e suscetível bebe água contaminada ou vegetais ou frutas regados ou lavados com água contaminada ou certos tipos de alimentos que abrigam o vírus como frutos do mar (principalmente mariscos ou ostras) ou ainda por produtos feitos com água contaminada, como sorvetes caseiros, por exemplo, estes vírus são resistentes a temperaturas geladas. Por isso diz-se que transmissão é fecal oral, ou seja, das fezes da pessoa contaminada para a boca da pessoa suscetível.

Quais os sintomas da hepatite A?

Os sintomas podem ser leves, parecidos com os de uma gripe, até sintomas mais exuberantes como dores pelo corpo, febre, enjoo, vômitos, icterícia ( aquela cor amarelada dos olhos e da pele), xixi bem escuro, de cor marrom, e fezes mais claras, meio amarelas ou esbranquiçadas.

A maior parte das pessoas evolui bem e fica curada. Porém, algumas pessoas podem desenvolver um tipo mais grave, que se chama hepatite fulminante, que pode ser fatal ou que pode até exigir um transplante de fígado. Como não há tratamento específico para a hepatite A, o melhor a fazer é tentar evitar o contagio. Então aqui vão as dicas, que podem parecer simples e óbvias, mas que funcionam muito:

1. Lave sempre as mãos com água e sabão várias vezes ao dia, principalmente depois de ir ao banheiro e antes de preparar alimentos.
2. Evite comer frutos do mar crus ou mau cozidos.
3. Tome sempre muita água. Mas água tratada, claro.
4. Lave frutas e legumes com água tratada e clorada.
5. Evite comer alimentos feitos com água cuja procedência seja duvidosa, como sorvetes caseiros, por exemplo.

Seu fígado faz muito por você! Cuide dele também.

Dra Ana Escobar

Dra Ana Escobar

Dra. Ana Escobar é médica pediatra formada pela FMUSP (Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo), pela qual também obteve Doutorado e Livre Docência no Departamento de Pediatria. Atualmente, é coordenadora da Disciplina de Pediatria Preventiva e Social desse mesmo departamento. Ainda na área educacional, é responsável pelas disciplinas de graduação e pós graduação sensu lato e sensu stricto da Faculdade de Medicina da USP.
Dra Ana Escobar