O que a maternidade muda na vida da mulher?
19/06/2015 18:44h

O que a maternidade muda na vida da mulher?

Ser mãe é o desejo da grande maioria das mulheres do mundo.

As que já são mães sabem exatamente a resposta desta pergunta. As que não são podem imaginar. Mas a real dimensão do fato acontece, geralmente, só depois do nascimento do primeiro filho.

Com a maternidade os valores mudam. A forma como se vê e entende o mundo muda também. A própria relação com o companheiro muda. Tudo passa a ser relativo. O filho passa a ser o centro do universo materno, o foco de todas as suas atenções e preocupações. O bem estar de um dia inteiro pode depender do fato do filho bebê ter feito um cocô normal ou do filho maior ter se alimentado bem. A febre de um filho pequeno desconcentra as mães e as faz faltar no trabalho. Algumas até pedem demissão, abandonando carreiras promissoras, para se sentir mais presente no dia a dia dos filhos. Não conseguem dormir enquanto o filho adolescente não chega em casa.

E não para por ai. Mãe é mãe. Exercem constantemente sua indiscutível autoridade de “mães”, mesmo quando os filhos já são adultos.

Quantas moças, antes de se tornarem mães, afirmam: “jamais deixarei um filho meu fazer esse escândalo”. Depois que se tornam mães, tudo passa a ser relativo e as convicções rolam ladeira abaixo. Quando se percebem, veem seus filhos executando exatamente o que condenaram alguns pouco anos atrás.

Mais que mudar a vida da mulher, as mães conferem à humanidade a possibilidade de seguirmos em frente, na busca por um mundo melhor e mais justo.