Meu filho come demais - Saiba sobre obesidade infantil
27/08/2018 10:00h

Meu filho come demais (obesidade infantil)

Primeiro é preciso identificar se a criança come mesmo mais do que o necessário. A curva de crescimento onde altura e peso são monitorados pelo pediatra, pode dar uma boa indicação para os pais e orientar sobre a obesidade infantil.

Guloseimas, doces, pizzas, hambúrgueres, bolachas, sorvetes tendem a ser mais atraentes do que arroz, feijão, carne, legumes, verduras e frutas. Além de serem mais calóricos. Neste ponto, o exemplo da família é essencial. Esta é a primeira dica e a mais importante para combater a obesidade infantil.

Outra sugestão: manter alimentos saudáveis ao alcance dos olhos e das mãos, em vez de bolachas e petiscos. Isto ajuda a mudar o hábito alimentar pois as crianças comem o que tem à disposição.

Ofereça pequenas porções de comida e evite a repetição. O ideal é que a criança coma um prato apenas. Caso peça mais, dê sobremesa que deve ser uma fruta.
Pratique e ensine o equilíbrio. Com a ajuda da criança escolha o dia da semana para comer uma guloseima, como o final de semana ou outro dia que pode ser combinado antes. Estes dias são a exceção, nunca a regra.