29/05/2018 12:00h

Existem alimentos  que podem provocar mais alergias nas crianças?

Sim, alguns alimentos podem dar mais alergias que outros. Mas o que dá alergia em uma pessoa não necessariamente dará em outra.

Para compreendermos  bem isso, vamos entender o que é alergia.

Todos temos nosso sistema de defesa, composto por várias células e componentes que nos protegem de “invasores”. Estes “invasores” podem ser microrganismos como, por exemplo,  vírus e bactérias, mas também podem ser outras substâncias que nosso organismo entende como “agressor”. Isso depende e varia de pessoa para pessoa. Há quem coma camarão, por exemplo, e o organismo entende sua proteína como sendo um “agressor” e produz anticorpos contra. Isso é a alergia.

Alguns alimentos, portanto, podem desencadear este processo de alergia nas crianças e também nos adultos. São aqueles que geralmente tem proteínas específicas. Os alérgicos, portanto, produzem anticorpos contra o alimento.

O resultado deste processo pode se expressar no corpo de variadas formas. Há os que produzem placas vermelhas que coçam demais, a chamada urticária, outros produzem bolinhas vermelhas menores, há os que  incham os olhos ou os lábios,  e nos casos mais graves pode até ocorrer o inchaço das vias respiratórias impedindo a respiração.

Leite, amendoim, ovo, glúten ( que tem no pão, massas, pizzas e tortas, por exemplo), corantes artificiais, conservantes e frutos do mar são os que mais comumente estão relacionados com alergias em crianças.

Por isso a introdução de alimentos novos para as crianças pequenas deve ser bastante gradual e seguir corretamente a orientação do médico ou nutricionista.

Dra Ana Escobar

Dra Ana Escobar

Dra. Ana Escobar é médica pediatra formada pela FMUSP (Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo), pela qual também obteve Doutorado e Livre Docência no Departamento de Pediatria. Atualmente, é coordenadora da Disciplina de Pediatria Preventiva e Social desse mesmo departamento. Ainda na área educacional, é responsável pelas disciplinas de graduação e pós graduação sensu lato e sensu stricto da Faculdade de Medicina da USP.
Dra Ana Escobar

Últimos posts por Dra Ana Escobar (exibir todos)