Estou comendo muito doce na gestação, é tarde para mudar?
24/07/2015 15:53h

Estou comendo doces como uma louca! Será que já era, não adianta mais tentar uma alimentação saudável?

Nunca é tarde para se comer melhor. Ainda mais na gestação. Quanto mais o bebê cresce, mais precisa de vitaminas e alimentos saudáveis. Não compre biscoitos recheados, bolos prontos, sucos de caixinha, refrigerantes. Passe batido por eles no supermercado. A gravidez pede uma dieta mediterrânea: muitos legumes e frutas, derivados do leite, proteína magra (nada de comer pele do frango ou a gordurinha da picanha), pouca massa e poucos doces (carboidratos).

Eu sei… carboidrato é um vício. Quanto mais pão, macarrão e doces você come, mais você quer comer. Aqui vão algumas dicas para diminuir a vontade de comer carboidratos: tente apenas 1 (UMA) fatia de pão integral no café da manha, arroz integral no almoço (ou batata doce ou batata salsa), 1 porção de granola ou 1 barrinha de cereais no lanche e macarrão integral no jantar. Estes são os carboidratos e as respectivas quantidades que devem acompanhar sua alimentação normal. Vale tentar!

E os doces? Quando a vontade for irresistível, tente só 1 picolé de frutas ou 1 pedaço de doce de compota ou 1 quadrado de chocolate meio amargo ou 1 bananinha sem açúcar por dia. Nenhum outro: tortas, bolos, brownies são pura manteiga e extremamente calóricos.

Junto com as refeições, tome água ou sucos naturais. No lanche, outras opções são iogurte com frutas ou 2 torradas com queijo branco ou 4 castanhas e 4 damascos.
Faça isso e perceba que, desta maneira, você vai comer carboidratos integrais e em quantidade próxima ao ideal! Tudo em meio às vitaminas dos legumes e frutas.

Outra dica: ao invés de fazer macarrão na manteiga, porque não fazer macarrão integral refogado com brócolis e tomates? Por que não colocar cenoura ralada no arroz? Assim, você acrescenta vitaminas e fibras à sua dieta. Até o seu intestino vai melhorar! Coma de 3 em 3 horas e beba água o tempo todo.

Você vai se sentir mais disposta, menos cansada e com certeza chegará muito melhor ao fim do dia e, claro, mais magra no terceiro trimestre e no pós parto.