/

Estou com uma bolha no pé. Dói e incomoda demais. O que fazer?

Pode parecer incrível, mas as bolhas no pé que parecem ser a causa da dor, são na verdade uma defesa do nosso corpo. Isso mesmo. Entenda: um sapato ou um tênis muito apertado pode criar um ponto de atrito entre o pé e o calçado. Durante a caminhada ou, pior ainda, durante uma corrida ou a prática de exercícios, a pele fica “batendo” naquele sapato apertado.

Como é sempre no mesmo ponto, surge primeiro uma ferida. O organismo entende isso como uma agressão – e afinal, é mesmo – então manda uma ordem para que os vasos sanguíneos se dilatem naquele local para mandar células de defesa. Porém, junto com as células de defesa sai também do sangue um líquido incolor que se acumula entre as camadas interna e externa da pele. E assim ganhamos uma bolha nos pés. Agora algumas dúvidas comuns:

Devo estourar as bolhas?

Não. Estourar uma bolha no pé pode levar à infecção no local e ai tudo fica muito pior.

E se a bolha já estourou, tiro a pele de cima?

Também não. A pele que recobre a bolha serve de proteção para a pele ferida. Quando o corpo disser ok, ou seja, a ferida sarar, a pele sai sozinha.

O que fazer se já estou com a bolha no pé e preciso usar um calçado?

Fácil. Faça um curativo com vaselina e esparadrapo fininho, do tipo micropore. Coloque bastante micropore se você precisar usar um calçado fechado. Isso alivia o atrito e melhora a dor.

Mas o melhor nestas situações é evitar sapatos fechados. Prefira deixar os pés confortáveis e ao ar livre. E se a bolha já estourou, cuidado com a infecção no local.

Dicas para evitar bolhas nos pés:

– nunca use sapatos ou tênis apertados.

– nunca use um sapato novo para grandes caminhadas.

– nunca use seu tênis novinho para correr ou praticar qualquer esporte que gere atrito nos pés.

– amacie o calçado novo assim: coloque uma meia mais grossa e confortável e comece com caminhadas mais suaves.

– evite comprar calçados largos ou apertados. Respeite o tamanho dos seus pés.

– cuidado com as costuras internas dos calçados.

Lembre-se que os nossos pés sustentam nosso corpo o dia inteiro. Por isso, merecem ser muito bem tratados. Quando for comprar um sapato ou um tênis prá você, experimente com calma e veja se está bem confortável.

Deixe-se guiar mais pelo bom senso e menos pela aparência.

Publicado por Dra. Ana Escobar
Dra. Ana Escobar é médica pediatra formada pela FMUSP (Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo), pela qual também obteve Doutorado e Livre Docência no Departamento de Pediatria.