14/04/2019 16:13h

É “arriscado” dar maionese para as crianças?

O verão chegou e o calor está aí, sem dar uma trégua nem de dia nem de noite. Estas temperaturas mais altas exigem alguns cuidados. Principalmente com a alimentação.
 
Naturalmente nosso corpo pede comidas mais leves, mais “geladinhas” como frutas, saladas ou peixes, por exemplo. E pede também água. Muita água para repor tudo o que transpiramos a mais. Tudo certo.
 
No entanto, as temperaturas ambientais mais altas tem um outro problema: podem fazer os alimentos se deteriorarem mais facilmente. Isso acontece pois algumas bactérias precisam de temperaturas mais elevadas para se proliferar. No calor, a proliferação bacteriana, portanto, é facilitada. E algumas destas bactérias podem ser patogênicas e fazer mal à saúde, causando, principalmente, intoxicações alimentares.
 
A maionese é um destes alimentos que se deteriora muito facilmente no calor. É feita com gema de ovo crua, que é um excelente meio de cultura para agentes infecciosos que causam doenças.
 
Um destes agente se chama Salmonella e pode dar um quadro potencialmente grave em crianças e adultos. Começa com mal estar, enjoo, dores pelo corpo e vômitos. Muitos vômitos, que podem levar à desidratação, uma vez que a ingestão de quaisquer líquidos ou soro oral por boca fica muito difícil. Depois vem a diarreia, que pode durar de 5 a 7 dias.
 
Por isso, muito cuidado com a preservação dos alimentos neste verão. Olhe sempre a data de validade e evite deixar alimentos que necessitam de refrigeração expostos muito tempo na temperatura ambiente.
Dra Ana Escobar

Dra Ana Escobar

Dra. Ana Escobar é médica pediatra formada pela FMUSP (Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo), pela qual também obteve Doutorado e Livre Docência no Departamento de Pediatria. Atualmente, é coordenadora da Disciplina de Pediatria Preventiva e Social desse mesmo departamento. Ainda na área educacional, é responsável pelas disciplinas de graduação e pós graduação sensu lato e sensu stricto da Faculdade de Medicina da USP.
Dra Ana Escobar

Últimos posts por Dra Ana Escobar (exibir todos)