09/04/2019 09:47h

Por que não devemos dormir com o celular na cama?

Muitos já ouviram falar que o celular “explode” se ficar embaixo do travesseiro ou em cima da cama. Se assim fosse, seria lógico perguntarmos: como o celular “sabe” que está na cama ou embaixo do travesseiro, para poder explodir ?

Não há nenhum dado cientificamente comprovado que aponte perigo de explosão em dormir com o celular na cama. Mas há outra importante razão para ninguém dormir com o telefone celular ou qualquer outro aparelho eletrônico:
Descansar!

Exatamente isso. O sono é absolutamente fundamental para que o corpo e principalmente, a mente possam se renovar. As células se recompõem e se preparam para as atividades do novo dia que está chegando. Os sonhos reorganizam os pensamentos, as ideias e todos os processos emocionais, sem os quais não conseguimos viver.

Por isso, dormir com o mínimo de interrupções é fundamental para o descanso completo. Celulares e aparelhos eletrônicos não são silenciosos. Emitem sons, vibrações e luzes que atrapalham os ciclos necessários para o pleno estado de relaxamento, que é crucial ao sono reparador. Desligue ou coloque o celular bem longe de você para dormir.

Mais importante do que desligar o celular, é conseguir desligar-se dele para dormir!

Durma apenas com o embalo, as luzes e a vibração dos seus sonhos!

Dra Ana Escobar

Dra Ana Escobar

Dra. Ana Escobar é médica pediatra formada pela FMUSP (Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo), pela qual também obteve Doutorado e Livre Docência no Departamento de Pediatria. Atualmente, é coordenadora da Disciplina de Pediatria Preventiva e Social desse mesmo departamento. Ainda na área educacional, é responsável pelas disciplinas de graduação e pós graduação sensu lato e sensu stricto da Faculdade de Medicina da USP.
Dra Ana Escobar