22/04/2019 11:35h

O que fazer para diminuir as espinhas?

A espinha, ou acne, como é também conhecida, é causada por um aumento na produção de secreção das glândulas sebáceas, que são aquelas que temos espalhadas na pele. Muito provavelmente este aumento da secreção ocorre devido ao excesso de estrógeno circulante na gravidez. Porém, observamos também que algumas gestantes, inexplicavelmente, apresentam melhora da acne. Portanto, não há uma resposta única. Mas o fato é que muitas futuras mamães tem mais espinhas e isso não é confortável.

A acne acomete, principalmente, as regiões da face, pescoço e o tronco (colo e dorso). Isso porque nestes locais há um número maior de glândulas sebáceas.

Recentemente, estudos científicos têm demonstrado a associação do aparecimento de espinhas com o consumo de certos alimentos, que podem aumentar a produção do sebo. São os alimentos que induzem a um rápido aumento da glicose no sangue, ou seja, alto índice glicêmico. São eles: pão branco, batata, biscoitos, mel, uva, manga, bolos, cereal matinal com açúcar, farinhas de milho e de mandioca. Estes alimentos normalmente elevam o nível de insulina e de fatores de crescimento que, por sua vez, modificam a produção de gordura pela pele, aumentando a oleosidade. Portante cuide da sua alimentação para diminuir as espinhas.

Dra Ana Escobar

Dra Ana Escobar

Dra. Ana Escobar é médica pediatra formada pela FMUSP (Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo), pela qual também obteve Doutorado e Livre Docência no Departamento de Pediatria. Atualmente, é coordenadora da Disciplina de Pediatria Preventiva e Social desse mesmo departamento. Ainda na área educacional, é responsável pelas disciplinas de graduação e pós graduação sensu lato e sensu stricto da Faculdade de Medicina da USP.
Dra Ana Escobar

Últimos posts por Dra Ana Escobar (exibir todos)