Você era fumante e largou o cigarro para engravidar?
24/07/2015 18:21h

Você era fumante e largou o cigarro para engravidar?

Se você era fumante e deixou de fumar para engravidar, parabéns!

Fumar na gestação aumenta o risco de abortos espontâneos, nascimentos prematuros, complicações com a placenta, episódios de hemorragia (sangramento), bebês abaixo do peso e outras complicações.

Com a gravidez chegando ao fim, sua determinação de não fumar deve continuar! Isso mesmo: não fume nunca mais!!!

Tão ou mais importante do que não fumar na gravidez, é não fumar durante a amamentação e os primeiros anos de vida do seu filho. Sabia que as toxinas do cigarro também passam para o seu bebê pelo leite materno? Pois é! Além disso, fumar com um recém-nascido em casa aumenta o risco de Síndrome da Morte Súbita Neonatal ou de quadros de dificuldade respiratória.

Por isso, parar de uma vez de fumar é a melhor opção! Estudos mostram que a gravidez é um momento maravilhoso para adquirir bons e duradouros hábitos. Não desperdice essa janela de oportunidade!

Seja para sempre uma ex-fumante. Faça renascer em você bons hábitos de vida! Seu filho agradecerá!