Como preparar os seios para a amamentação?
02/08/2018 16:20h

Como preparar os seios para a amamentação?

Uma das maiores preocupações de toda grávida é como cuidar corretamente dos seios e deixá-los prontos para a amamentação. Por causa disso, durante toda a gestação, as mulheres são bombardeadas com conselhos e dicas de familiares e amigas. Resultado: perdem-se diante de tantos palpites. Lembrem-se de que a produção de leite só tem inicio de 2 a 3 dias depois do parto.

O que, de fato, pode ser feito antes disso para preparar os seios? Imagine que a pele do mamilo é super fina e delicada. Depois que o bebê nasce, entretanto, vai sugar e “esfregar” essa pele fina. A ideia, portanto, é tornar essa pele mais resistente, grossa, de maneira gradual, para que não haja fissuras por excesso de uso! Vamos entender melhor o que é de fato importante:

Tipo de mamilo
Nem todos os bicos dos seios são iguais. Alguns são invertidos ou planos e necessitam de manobras específicas. Converse com o seu médico ou enfermeira para avaliar o seu mamilo e saber como proceder.

Banho de Sol
Encontre um lugar reservado em casa, tire o sutiã e coloque os seios para tomar sol. Indica-se que as gestantes exponham os mamilos ao sol durante dez minutos por dia. Fique atenta para não causar queimaduras e lembre-se de que o horário ideal é entre 8 e 10 da manhã ou entre 15h e 16h.

Bucha vegetal
No geral, não é aconselhável que as mulheres esfreguem buchas nos seios porque muitas exageram e causam fissuras. Assim, o que era para ajudar a deixar a pele mais resistente acaba machucando uma região tão sensível. Além disso, a manipulação do mamilo durante a gestação libera ocitocina e pode causar contrações uterinas fora de hora. No entanto, alguns obstetras aconselham o uso, por isso o melhor é conversar com o seu médico e saber o que é mais recomendado no seu caso.

Creme hidratante
Como a ideia é deixar a pele do mamilo mais resistente e não mais hidratada, o creme hidratante deve ser usado nas mamas – para evitar estrias – mas não nos mamilos.

Sutiã ideal
Como as mamas estão crescendo e se tornam mais pesadas, você deve usar um sutiã com alças largas e que sustente o peso. Evite sutiã com bojo, que frequentemente causa dor.

Depois que o bebê nascer

Veja o que você pode fazer para não machucar os seios:

1- Segure o bebê na posição correta: a cabecinha deve ficar no angulo do seu braço com o antebraço e a mão (desse mesmo braço) no bumbum do pequeno. Ombros relaxados. E o mais importante: bebê de frente para o seio – barriga com barriga com você e não com o umbigo para cima.

2- O bebê deve mamar fazendo a pega correta: abocanhar toda a parte escura do mamilo e sugar com os lábios evertidos – fazendo boca de peixinho.

3- Para tirá-lo do seio, nunca puxe, já que ele estará atado ao peito como uma ventosa! É necessário deixar que entre um pouco de ar. Você pode colocar o dedo na boca do bebê e, assim, ele soltará o peito sem que você se machuque.

4- Depois da mamada, use o próprio leite como hidratante, espalhando-o sobre o mamilo. Além dele, você pode fazer compressas com casca de mamão, de banana ou chá de camomila, que são cicatrizantes. Pode usar também creme de lanolina pura para cicatrizar. Por fim, lembre-se de não deixar a mamada ultrapassar 30 minutos em cada seio nos primeiros 3 dias!

Não se esqueça: o início da amamentação é difícil para quase todo mundo. Tenha o contato de uma enfermeira especializada em amamentação para chamar em sua casa caso fique difícil demais. Amamentar pode parecer penoso nos primeiros 15 dias, mais depois é prático, barato, faz bem para a saúde de todos e muito emocionante! Ter a orientação de quem entende nesse momento pode fazer a diferença entre conseguir e não conseguir amamentar.