Planejando: mais um pouco sobre a amamentação!
02/08/2018 16:10h

Planejando: mais um pouco sobre a amamentação!

Cuidado com as pessoas bem intencionadas mas que, porém, não entendem do tema. Estas pessoas podem minar sua autoconfiança e te induzir a desistir num momento de dificuldade, em que uma orientação correta pode resolver tudo!

Todas as famílias têm tias ou avós que não “conseguiram” amamentar – porque não foram bem orientadas – e que podem ficar dizendo: “eu te falei, você tem leite fraco que nem o meu, que não sustenta o bebê”. Ou “seu bico rachou que nem o meu! Na nossa família ninguém consegue amamentar!” Nada disso é verdade. Faça sua própria história! Não existe leite fraco: ele é ideal para a digestão do bebê. Bico rachado acontece com frequência: peça orientação de uma enfermeira e ela vai te ajudar a curar seu bico e continuar amamentando!

Para cuidar de sua mama, é importante que você tenha em casa 2 itens fundamentais:

1-Creme de lanolina pura, que é o melhor cicatrizante para bico rachado e não precisa ser retirado para o bebê mamar.

2- Concha de silicone, que permite que o bico fique ventilado e não abafado pelo absorvente úmido.

Tanto a concha como a pomada de lanolina podem ser encontrados em qualquer farmácia e são ótimos para ajudar a cicatrização do bico machucado.

Lembre-se: o leite só começa a ser produzido de 3 a 5 dias depois do parto. Nesse período, quando o bebê suga, sai da mama o colostro, cheio de imunoglobulinas. O bebê tem reservas para passar por esses dias. E não precisa de nenhum complemento extra. Fique tranquila.

Se você já tem outros filhos e não amamentou, é interessante que você tenha o telefone de uma especialista em amamentação para te visitar na sua casa, lá pelo 5o ou 7o dia após o parto, quando tudo pode ficar confuso. Oriente-se com seu pediatra.

Lembre-se que a amamentação, apesar de um pouco dolorosa no inicio, é um processo da natureza que foi feito para dar certo!

É só ter orientação adequada para pegar o jeito!