/

A Fibrose Pulmonar Idiopática pode matar mais rapidamente que alguns tipos de câncer, como o de mama ou de próstata?

O diagnóstico de câncer é temido por todos. Trata-se de uma doença progressiva, que envolve tratamento agressivo, prolongado, com muitos efeitos colaterais desconfortáveis. No entanto, há outras doenças mais raras, progressivas, que também merecem nossa atenção. Uma delas é a Fibrose Pulmonar Idiopática, ou FPI.

No dia 07 de setembro é comemorado o Dia Mundial da Fibrose Pulmonar Idiopática, uma doença que se caracteriza pelo “endurecimento” progressivo dos pulmões, que geralmente acomete pessoas com mais de 50 anos. Os sintomas são tosse seca e prolongada, cansaço progressivo aos esforços mais comuns do dia a dia, como subir um lance curto de escadas, por exemplo, sensação de fadiga, falta de ar e alargamento dos dedos das mãos.

Estudos mostram que a FPI pode ser fatal em 2 a 3 anos desde o início dos sintomas, especialmente se o tratamento correto não for instituído. Portanto, é VERDADE: a FPI pode matar mais rapidamente do que vários tipos de câncer.

Se você está ou conhece alguém que apresente estes sintomas, deve procurar o médico o mais rapidamente possível para definir o diagnóstico. Quanto mais cedo for instituído o tratamento, maiores as chances de sobrevida.

Publicado por Dra. Ana Escobar
Dra. Ana Escobar é médica pediatra formada pela FMUSP (Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo), pela qual também obteve Doutorado e Livre Docência no Departamento de Pediatria.