Saúde de A-Z - Dra Ana Escobar

Brincar

O tema de hoje é autismo infantil

Um assunto que pode gerar muitas dúvidas e angústias. Por isto é importante esclarecer três pontos: 1. O que é o autismo? O autismo infantil é um distúrbio crônico que afeta principalmente três áreas do desenvolvimento da criança: a socialização, a comunicação através da linguagem e o comportamento na execução de várias atividades. Estes sinais aparecem antes dos três anos de idade. 2. Quando suspeitar? Quais são os sinais de alerta? O diagnóstico de autismo é puramente clínico. Isto quer dizer que não há exames laboratoriais que o comprovem. Por isso, não deve haver banalização do diagnóstico. Só um profissional […] VEJA MAIS.

Nascemos criativos ou criatividade se desenvolve?

Observe os bebês de nove meses. Engatinham a casa inteira, exploram todos os espaços possíveis e alguns locais inimagináveis. Com 1 ano de idade, quando começam a andar e a se locomover com maior rapidez… todo cuidado é pouco. O ambiente que as cerca vira, instantaneamente, um mundo de oportunidades e descobertas novas. O que move os bebês é a curiosidade e a necessidade natural de chegar onde o olhar alcança. Mas muitas crianças querem chegar onde o olhar NÃO alcança. Aí entra em cena outra característica com a qual nascemos e que para ser desenvolvida só precisa de oportunidade: […] VEJA MAIS.

Meu filho está com febre. Se a febre baixar, posso mandá-lo para a escola?

A febre é um sinal de alerta. Significa que o corpo está reagindo a alguma agressão. A elevação da temperatura  dá uma sensação de cansaço, moleza e vontade de ficar mais quietinho. Nas crianças também. Crianças com febre ficam mais chorosas, indispostas, sem querer brincar ou comer. Pais ficam em alerta, preocupados e normalmente administram um antitérmico. A febre baixa e a criança volta a ter mais disposição. Quando isso acontece, muitos julgam que o processo que levou à febre foi embora também. Fim da febre, fim de tudo! Mas não é assim que funciona. A febre baixa enquanto o antitérmico […] VEJA MAIS.