16/05/2017 17:19h

Refluxo gastro esofágico tem cura?

O refluxo é muito comum nos bebês pequenos. Todos regurgitam em maior ou em menor intensidade.

Alguns, no entanto,  tem um quadro mais intenso, com refluxo constante do conteúdo do estômago para o esôfago e para fora, na forma de vômitos ou de regurgitação. Este tipo de refluxo dá muito desconforto e dor, uma vez que pode levar à esofagite. A esofagite de refluxo acontece quando o conteúdo do estômago, que é bem mais ácido, atinge e “agride” constantemente a parede do esôfago, causando uma lesão que dói muito. Os bebês tem um choro constante e sempre demonstram desconforto.

O refluxo mais intenso acontece quando o esfíncter (a comunicação) entre o esôfago e o estômago ainda não está bem formada e deixa passar  facilmente o conteúdo do estômago para o esôfago.

Nesta situação existe um tratamento clínico que é bastante eficaz e atenua os sintomas, permitindo que o bebê se desenvolva sem desconforto.

Normalmente, a partir dos 6 meses de idade, o esfíncter amadurece e o refluxo termina. Portanto, podemos dizer que o refluxo tem, sim, cura completa para a enorme maioria das crianças. Só uma pequeníssima porcentagem dos pequenos necessita de cura cirúrgica. Que também cura!