Qual a diferença entre as gorduras do “bem” e do “mal”? - Dra Ana Escobar
23/05/2018 15:37h

Qual a diferença entre as gorduras do “bem” e do “mal”?

Na nossa dieta contemporânea, existem 3 tipos de gorduras: as que chamamos de saturadas, as insaturadas e as gorduras trans.

Qual a diferença entre elas?

As gorduras saturadas e as trans são as chamadas gorduras “do mal”, pois aumentam o colesterol ruim que pode entupir as artérias e causar infartos ou derrames. De onde vem estas gorduras? As gorduras saturadas são principalmente as de origem animal, banha, além das frituras, óleo de dendê ebabaçu. As gorduras trans são produzidas pela indústria e são as que estão em alguns produtos como bolachas recheadas, salgadinhos ou alguns tipos de margarina.

As gorduras “do bem” ou insaturadas são os ômegas 3, 6 e 9. O ômega 3, por exemplo, é um dos nutrientes mais importantes que temos. É encontrado em peixes de água fria como o salmão ou em algas marinhas comestíveis. Do ômega-3 deriva um tipo de gordura essencial para todos nós, principalmente para crianças pequenas e gestantes: o DHA.

O DHA é um tipo de gordura que é fundamental para o funcionamento do nosso organismo. Participa de inúmeras funções biológicas essenciais.

Todas as nossas células são cercadas por uma membrana protetora composta por gorduras e proteínas. Esta membrana celular tem a difícil missão não só de proteger a célula, mas também de selecionar tudo o que entra e o que deve ser excretado. Como uma guarda de fronteiras extremamente eficiente e rigorosa.

O DHA, é um dos componentes principais das membranas. É essencial para seu bom funcionamento e, consequentemente, para a saúde de cada célula. Quanto maior a eficiência de cada célula do nosso corpo, melhor o funcionamento de todos nossos órgãos, nossos sistemas e, claro, do nosso organismo inteiro.

Resultado: se nossas células funcionam bem, ficamos mais saudáveis e nos sentimos melhor com a vida!