24/03/2017 16:06h

Alergia é hereditária ou o ambiente nos faz alérgicos?

Quem já entrou em algum lugar com um pouco mais de pó ou umidade e começou a coçar o nariz e a espirrar? Muitos de nós, inclusive as crianças, não é mesmo?

O ambiente pode deflagrar as alergias em quem já tem uma predisposição genética para isso. A tendência à alergia, portanto, é hereditária. Mas com certeza o “gatilho” é o ambiente em que estamos.

Importante saber que no meio ambiente há vários tipos de desencadeantes alérgicos.

Podem ser inaláveis  como, por exemplo, o  pólen, alguns cheiros específicos, pó, poeira e ,claro, a poluição do ar. Todas estas partículas inaláveis  penetram no nosso organismo pela mucosa do nariz e desencadeiam todo o processo alérgico. Começa com a coceira e com  os espirros. Algumas  vezes estes sinais se tornam tão intensos que o nariz vai ficando vermelho e inchado. Algumas pessoas tem sintomas alérgicos nas vias respiratórias inferiores, como o chiado, a bronquite  ou a asma.

Há também os desencadeantes alérgicos por contato. Algumas pessoas desenvolvem alergias quando entram em contato com algumas plantas, por exemplo, ou com substâncias químicas específicas presentes em produtos de limpeza ou outros produtos que entram em contato com nossa pele. Podem causar desde uma coceira e bolinhas vermelhas até quadros de urticária.

Há também as alergias a picadas de vários tipos de insetos, as alergias a determinados medicamentos ou a comidas específicas.

Enfim, vivemos em um mundo com muitas possibilidades ambientais de alergia. Cada um é um e o que dá alergia para uma pessoa não necessariamente dá em outra. Mas como a alergia é hereditária, é comum que haja famílias com alergia aos mesmos produtos ou substâncias.

Por isso, se os pais tem alergia a alguma coisa, não necessariamente os seus filhos a herdarão. Mas é sempre bom ficar de olho, não é mesmo?